2 de fev de 2016

Especial Harry Potter: Resenha/Livro Harry Potter: A Magia do Cinema


Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje trago o penúltimo post do Especial Harry Potter com a resenha de um livro muito especial: Harry Potter A Magia do Cinema!
O livro é um adicional e tem seu principal foco na série de filmes de Harry Potter, do qual explica e mostra todo o progresso de criação de cada detalhe do maravilhoso mundo mágico que J.K. criou, desde as ilustrações que deram vida à criação, até o trabalho final levado às telas do cinema.
Além disso, é recheado de diversas entrevistas com atores, produtores, diretores e as mais diversas pessoas que fizeram o mundo de Harry Potter sair da imaginação para se tornar visível, palpável e muito mais mágico. O livro também conta com alguns objetos cênicos para você, leitor, colecionar!
Nesse post expressarei minha opinião sobre o livro, colocarei as curiosidades que mais me chamaram atenção e por fim, postarei algumas fotos que tirei do mesmo.
Se quer saber um pouco mais sobre ele, clique em continue lendo. 






Título Original: Harry Potter Film Wizardry
Autor: J. K. Rowling e Brian Sibley
Editora: Panini Brasil
Ano: 2014
Páginas: 164






Sinopse
Produzido simultaneamente em diversos países, o livro traz uma experiência única para os fãs do bruxo.
Prefácio de Daniel Radcliffe, Emma Watson e Rupert Grint e entrevistas exclusivas com atores, diretores, produtores, roteiristas, figurinistas e técnicos de efeitos especiais. Visual criado pelos designers Miraphora Mina e Eduardo Lima, os responsáveis pelos objetos de cena dos filmes. Fac-símiles de 13 objetos cênicos, como: a carta de admissão de Harry Potter em Hogwarts, o Mapa do Maroto, o convite do Baile de Inverno, o catálogo de produtos da loja Gemialidades Weasley, o programa da Copa Mundial de Quadribol e muito mais! Participação da equipe dos filmes em informações, curiosidades e segredos de bastidores.
Com conteúdo inédito, trazendo os bastidores de Harry Potter e as Relíquias da Morte Parte 1 e Parte 2.

Opinião
Para qualquer fã da história mais famosa de bruxos já feita, criada pela incrível J. K. Rowling, e principalmente para qualquer fã que ache suas adaptações cinematográficas tão incríveis quanto seus livros, o livro Harry Potter A Magia do Cinema é a leitura ideal.
Com ele, não é preciso ter pressa para terminar. É o tipo de leitura que se deve aproveitar o máximo de tempo possível. É o tipo de leitura que te fará sentir nostálgico, mas ao mesmo tempo, lhe trazer violentamente uma onda de sentimentos bons, como se você mesmo tivesse feito muito mais parte desse universo quanto qualquer outra pessoa descrita no livro.
É uma viagem no tempo pelos melhores momentos dos dez anos que se passaram filmando todas as adaptações cinematográficas da série. É uma descoberta de todos os segredos e artimanhas que utilizaram para criar cada cenário, cena, objeto, figurino e os mais diversos detalhes com uma perfeição e uma maestria de causar inveja. É um livro capaz de transmitir um sentimento de conforto, comodidade e lar. É como estar voltando para casa depois de estar muito tempo longe dela.
Sim, como vocês já devem ter percebido, sou muito suspeita para falar desse livro. Para uma GRANDE fã de Harry Potter, qualquer coisa que seja relacionada a ele não vai ser muito menos que maravilhoso. Mas, tentando observá-lo de outra maneira que não uma fã, mais como apenas uma pessoa curiosa, o livro não deixa de ser o que é: incrível.
Tem conteúdo para todos os gostos: os figurinistas, os estilistas, os ilustradores, os diretores, produtores, roteiristas, atores, criadores de objetos de cena etc. Com as mais diversas informações sobre os mais diversos campos de trabalho que fizeram o mundo de Harry Potter se tornar real nas telas do cinema, o livro não deixa de ser útil, divertido e emocionante de se ler, para qualquer tipo de pessoa que se interesse por ele.
Além disso, o livro nos traz um gostinho e uma pequena “prévia” da grandeza que foi criar todas as adaptações cinematográficas da série. Nenhum detalhe foge das páginas de Harry Potter: A Magia do Cinema; todos tem seu espaço e sua importância na formação de cada passo. É tanta coisa a ser dita e mostrada que o espanto não é muito menos que uma sensação normal ao ler e descobrir como tudo aquilo foi feito.
Portanto, para os curiosos, o livro não será muito mais que uma grande descoberta, com diversas curiosidades interessantes a serem degustadas. Não será muito mais que um livro muito bem feito, muito bem montado e muito bem produzido. Será uma leitura divertida carregada com um certo conhecimento sobre diversas áreas do cinema.
Para os fãs de Harry Potter, não será muito mais que uma volta para casa. Uma viagem de volta para o inesquecível mundo mágico que tanto fez parte da sua vida. Uma montanha russa de sentimentos. Será nada mais nada menos que um objeto carregado dos mais diversos sentimentos e emoções. Será nada mais nada menos que mais um livro muito mais que especial, feito para se guardar eternamente na memória e no coração. 

Algumas curiosidades
  • Em Harry Potter e a Pedra Filosofal, Rupert Grint, enquanto filmava uma cena em sala de aula, acabou desenhando um retrato de Alan Rickman (Snape), que ficou, segundo o ator, “nada lisonjeiro”. Alan, que estava sempre encarnando o personagem, se esgueirou por trás do pequeno Rony e encontrou o desenho. Para grande surpresa, ele gostou do desenho e acabou ficando com ele. 
  • O designer gráfico de produção, Stuart Craig, em seu primeiro encontro com Jo Rowling, fez diversas perguntas básicas sobre o mundo de Harry Potter. Em resposta, Jo pegou uma caneta e um papel e desenhou o mapa de Hogwarts. Desde então, tudo nasceu daquele primeiro esboço.
  • Em uma entrevista, um repórter perguntou a Daniel (Harry) o verdadeiro nome de Voldermort, do qual ele não se lembrava. Então, Emma (Hermione) e Rupert (Rony), um de cada lado, tentaram escrever o nome para passar para ele.
  • Rupert Grint, em seu teste de vídeo, se destacou entre todos os outros atores. Ele fez um rap.
  • Richard Harris (o primeiro Dumbledore) só aceitou o papel para o personagem por conta de sua neta, Ella, que disse que jamais falaria com ele novamente se ele não aceitasse o papel.
  • Para criar uma percepção de velocidade no jogo de Quadribol, foram criadas as torres em volta do campo.
  • As filmagens das cenas de Quadribol demoravam muito tempo para serem feitas. Uma cena com 10 jogadores, por exemplo, poderia levar uma semana de filmagens antes que a equipe de efeitos visuais pudesse começar a trabalhar. Na tela, a cena poderia durar 2 segundos.
  • Como Rony usava vestes de segunda mão, o protetor de peito e seu capacete do uniforme de Quadribol foram feitos em números menores que o seu próprio corpo, além de fazerem parecer mais velhos e desgastados.
  • Para o tabuleiro de xadrez bruxo no último desafio em Harry Potter e a Pedra Filosofal, foram construídas enormes peças de 3,60 metros e eram controladas por rádio.
  • J. K. Rowling revelou que Gilderoy Lockhart foi o único personagem baseado em uma pessoa real.
  • Durante as filmagens de Harry Potter e a Câmara Secreta, Emma Watson (Hermione) levava frequentemente um hamster de estimação para o set de filmagens. Quando ele morreu, a equipe do departamento de cenografia criou um caixão especialmente para ele. 
  • A Toca, casa da família Weasley, foi construída como se um dia tivesse havido uma construção Tudor com um chiqueiro dentro, e que Arthur tivesse acomodado a família em crescimento construindo verticalmente com a adição de muitas partes de materiais de demolição, recolhidas onde quer que pudesse encontrá-las, sendo que nenhuma delas combina.
  • Para incendiar A Toca em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, foi construída uma maquete em escala 1/3.
  • Por baixo das roupas de Molly Weasley, Julie Walters veste um acolchoado para dar uma forma mais substancial e maternal.
  • Para fazer o Ford Anglia (o carro mágico da família Weasley) voar, tiveram que retirar seu motor e esvaziar o carro para deixá-lo mais leve, e então, colocaram-no em um guindaste giratório que permitiu fazer o carro girar para trás e para frente.
  • Em 2005, um dos 16 Ford Anglias usados para as filmagens foi roubado e encontrado em um castelo em ruínas na Cornualha.
  • Para uma melhor experiência, o Sagueiro Lutador foi construído com galhos mecânicos.
  • Um boneco articulado de Dobby foi criado para as cenas.
  • Para criar os personagens petrificados em Harry Potter e a Câmara Secreta os atores cobrem seus rostos com uma substância chamada alginato odontológico (a mesma massa usada para moldar os dentes dos pacientes dos dentistas).
  • Foi criada uma fênix animatrônica para a cena em que Harry encontra Fawkes pela primeira vez no escritório de Dumbledore e um animatrônico do Basilisco nas cenas em que Harry luta contra o monstro e finalmente perfura sua mandíbula com a espada de Godrico Grifinória.
  • Nem os espectadores e os realizadores sabiam do significado de Harry perfurar o diário de Tom Riddle com a presa do Basilisco. Rowling não havia escrito sobre a natureza das Horcruxes ainda.
  • Em um primeiro momento, Afonso Cuarón (diretor de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban) recusou dirigir o filme. Após ler os três primeiros livros em uma semana, aceitou.
  • Tiveram que construir um boneco de Draco em menores proporções para Hagrid carregar, dando a impressão de ser muito maior do que é. A mãe do ator ficou horrorizada.
  • Para finalmente ter Bicuço digitalizado, criaram uma versão animatrônica do mesmo. Ficou tão real que se as observarmos bem, na cena do pasto, podemos ver a criatura fazendo cocô.
  • Para Hogsmead, foram construídos uma maquete e um cenário em tamanho real.
  • Para transformar Lupin em um Lobisomem, foi construído um animatrônico do mesmo, do qual um artista o manipulava com pernas de pau.
  • O primeiro filme que foi cogitado em ser transformado em dois, foi Harry Potter e o Cálice de Fogo.
  • Para a primeira tarefa do Torneio Tribruxo, foi construído um Rabo-Córneo Húngaro (dragão que Harry combate) em tamanho real capaz de cuspir fogo de verdade em uma distância de 9 metros.
  • Para a última tarefa do Torneio Tribruxo foram construídas grandes seções de cercas vivas do labirinto que se mexiam e desenvolviam personalidade própria. Os muros tinham 7,5 metros de altura e 12 de comprimento e podiam ondular, inclinar e se juntar ou separar.
  • No encontro de Belatriz e Neville em Harry Potter e a Ordem da Fênix, Helena (Belatriz) queria colocar a varinha na orelha de Matthew (Neville) como um cotonete, para dar a impressão de tortura. Ao em vez disso, acabou perfurando seu tímpano, deixando-o surdo daquele ouvido por dias.
  • Para a sala das profecias em Harry Potter e a Ordem da Fênix foram criadas 15 mil esferas de verdade.
  • Nos livros, são poucos os nomes citados na tapeçaria da família Black. Portanto, os diretores pediram para que J. K. mandasse uma árvore genealógica mais completa para que realizassem uma maior.
  • Os cenógrafos criaram 134 pratos decorativos de gatos para a sala de Umbridge em Harry Potter e o Enigma do Príncipe.
  • Para fazer o personagem Neville, Matthew usava enchimentos, dentes falsos e instrumentos para deixá-lo com orelha de abano.
  • Em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, o campo de Quadribol foi mudado, acrescentando mais torres, para dar ainda mais a sensação de velocidade.
  • Harry Potter e o Enigma do Príncipe foi um dos filmes mais difíceis de se adaptar, principalmente por conta das memórias de Tom Riddle. Portanto, retiraram algumas delas e focaram a história no relacionamento dos personagens.
  • Durante as filmagens onde Rony beija Lilá, Daniel ficou presente para brincar com Rupert do mesmo jeito que ele fizera em sua cena com Cho no ano anterior.
  • Para a cena de Slughorn como poltrona em Harry Potter e o Enigma do Príncipe, o ator foi colocado em um equipamento especial que permitia que ele sentasse com seus braços em uma posição que imitava a poltrona. Quando ele se levantava, ele simplesmente se livrava do equipamento, fazendo toda a animação a partir disso.
  • O departamento de artes gráficas estima ter criado pelo menos 150 rótulos de poção para o sexto filme.
  • Tom Felton (Draco) não tinha lido os livros quando fez seu teste para ser escalado no elenco. Além disso, tentou teste para Harry e Rony antes de ser Draco.
  • Inicialmente, o filme Relíquias da Morte Parte 1 seria dividido a partir da cena que Harry, Rony e Hermione são capturados e levados para a mansão Malfoy. 

Capa + conteúdo
Não preciso nem dizer o quão bem-feita e perfeita a capa e o conteúdo do livro são, não é?
O livro é de capa dura e é coberto com uma jacket. Além disso, dentro do livro podemos encontrar alguns objetos de cena! 








Sumário




Esboço de Hogwarts feito por J. K. Rowling




Beco Diagonal 

Catálogo da loja Borgin and Burkes 

Catálogo da loja Borgin and Burkes 

 Catálogo da loja Borgin and Burkes 

Catálogo da loja Borgin and Burkes 





Colantes para frascos de poção 

Colantes para frascos de poção 

Colantes de embalagens de produtos de Hogsmead 

Programa da 422ª edição da Copa Mundial de Quadribol 

 Programa da 422ª edição da Copa Mundial de Quadribol 



Programa do Baile de Inverno

Árvore genealógica dos Blacks 

 Árvore genealógica dos Blacks 

 Proclamações de Umbridge

 O Mapa do Maroto

 O Mapa do Maroto

Catálogo de produtos das Gemialidades Weasley

 Catálogo de produtos das Gemialidades Weasley

 Cartão de Identificação do Ministério da Magia


  Cartão de Identificação do Ministério da Magia


Nota:


Então é isso pessoal, espero que tenham gostado do post! E se gostaram, deixem o curtir lá em cima ao lado do título e comentem o que acharam!
Até mais!

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Olá, tudo bom? Acredita que nunca li Harry Potter, assisti os filmes e talz, mas nunca li os livros ... esse parece ser bem interessante, os fãs devem ter adorado... Adorei suas fotos <3

    Amei o blog ^^
    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Pois eu aconselho que leia! A série é a minha preferida e com certeza, se você gostar de fantasia e ficção, vai amar!
      Obrigada <3

      Excluir

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team