29 de mar de 2016

As tatuagens que quero fazer


Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje trago um assunto um pouco diferente do que estou acostumada a tratar aqui no blog: tatuagens.
A algum tempo atrás vem crescendo em mim essa estranha vontade de fazer tatuagens. É claro, ter vontade não é a única coisa que preciso para me sentir incentivada o suficiente a fazer uma tatuagem; ainda preciso da coragem, da certeza e do dinheiro para as mesmas. Ainda não tenho certeza de que farei alguma realmente. Portanto, contarei a vocês as ideias que surgiram em minha mente para marcar minha pele e quais os significados de cada uma para mim. Quem sabe um dia elas apareçam, não é?
Clique em continue lendo para saber mais.

1. Máquina de escrever
A primeira tatuagem que tive a ideia e a vontade de fazer tem a ver com uma das coisas que mais gosto de fazer: escrever. Tanto aqui no blog, como nos meus livros e como em qualquer lugar. É uma paixão que tenho há muito tempo e com certeza uma paixão que não terá seu fogo apagado nunca. Faz sentido tê-la marcada em minha pele, não faz?


Se forem bons observadores, perceberão que a inspiração para a arte do meu blog surgiu dela; com algumas pequenas mudanças que eu mesma desenhei e mudei, mas ainda assim a inspiração veio dessa tatuagem específica. Portanto, o significado será ainda maior levando em conta o quanto amo esse blog e o quanto amo escrever aqui.


Essa com certeza é uma das mais significativas e uma das que eu tenho certeza que não me arrependeria de fazer. 

2. Relíquias da Morte
Se eu faço parte dos fãs de Harry Potter que sempre tiveram vontade de ter marcado na pele o amor que sente pela série? Com certeza!
Os que acompanham o blog ou simplesmente me conhecem, sabem muito bem o quanto essa série de livros e filmes fez, faz e sempre fará parte da minha vida. Além de ter sido a saga que abriu meus olhos para o mundo fantástico da literatura, foi também a saga que despertou ainda mais a vontade que eu tinha de escrever meus próprios livros. J. K. Rowling sempre será uma inspiração, e a criadora dessa série maravilhosa que me abriu tantos caminhos.
Portanto, nada mais justo que fazer uma homenagem com uma referência que mais simbolizasse Harry Potter: As Relíquias da Morte.
Pode parecer coisa de fã, paixão passageira, mas no fundo eu sei que não é. Harry Potter sempre fará parte de mim e eu não penso que me arrependeria de ter esse símbolo marcado em minha pele. 


3. Óculos e raio de Harry Potter
Essa na verdade veio como uma primeira ideia quando pensei em fazer algo relacionado a Harry Potter. Vi diversas fotos com a tatuagem e me pareceu muito mais a minha cara que qualquer outra referência a série.
Entretanto, após pesquisar muitas outras tatuagens com As Relíquias da Morte, acabei deixando um pouco de lado os óculos e o raio e preferindo a primeira opção. Mas, ainda assim, não deixo de gostar muito dessa e não deixa de ser relacionado a algo que eu tanto amo. Quem sabe? 


4. Rewind
Essa é com certeza um pouco mais complexa e significativa que as outras tatuagens anteriores.
O símbolo vem do jogo Life is Strange (para conhecer um pouco mais sobre, confira as resenhas dos episódios clicando aqui) e é mostrado na tela quando a personagem principal, Max, está voltando no tempo – dando rewind. E minha intenção seria fazer o símbolo com um pequeno ‘x’ ao fim, que é quando Max não consegue voltar mais no tempo; quando ela não é permitida a fazer isso.
A relação com o símbolo seria a morte de um amigo meu. Foi um período terrível e continua sendo uma das piores dores que já senti e ainda sinto. A falta que ele me faz é indescritível. E eu não posso voltar no tempo para fazer diferente. O que eu devo fazer é seguir em frente e “aceitar”.
Essa é uma mensagem que aprendi à força e me foi lembrada quando joguei Life is Strange. O símbolo carrega o meu amor e minha admiração por ambas as coisas: o jogo e o meu amigo. Penso que essa seria uma boa maneira de homenageá-los.



5. Teoria do Caos (Essa ação terá consequências)
Essa tatuagem também tem uma grande relação com o jogo Life is Strange. Se trata de uma pequena borboleta que aparece no canto de sua tela quando você realiza uma ação da qual terá consequências futuras. No jogo, Max é capaz de alterar algumas dessas consequências, mas ainda assim desencadeia-se outras.
O jogo tem essa explícita ligação com A Teoria do Caos, que nada mais é que uma pequena mudança no início de um evento desencadear consequências muito maiores e imprevisíveis.
E como todos nós somos uma grande Teoria do Caos e sofremos dos mais diversos efeitos borboleta, comigo logicamente não é e não foi diferente. E o motivo de querer tatuar algo relacionado a isso é a minha admiração por essa Teoria e pela maneira como o meu jogo preferido abordou-a. É incrível, e tê-la marcada em minha pele seria um aviso extra para que eu pensasse duas vezes antes de tomar qualquer atitude, pois com certeza essa ação terá consequências!


6. Skyscraper
Essa é uma ideia recente, fresca e não muito bem elaborada, mas ainda assim uma ideia.
Tatuar a silhueta de alguns prédios (ou apenas um) seria uma referência a música Skyscraper da Demi Lovato. É uma de minhas favoritas e me lembra do que devo fazer quando eu me sentir abatida e sem vontade de continuar: me levantar como um arranha-céu.
Passei por diversas situações na minha vida que quase me fizeram desistir de diversos fatores e eu não quero que isso aconteça mais. Quero me lembrar dessa música e dessa mensagem sempre que me sentir sem chão.


Então é isso pessoal, essas são as ideias que tenho em mente para as tatuagens que desejo fazer. Ainda não sei se um dia chegarei realmente a fazê-las, mas por enquanto as ideias me agradam e decidi que seria divertido compartilhá-las com vocês. Espero que tenham gostado do post e das tatuagens! E se gostaram, deixem o curtir lá em cima ao lado do título (não esqueçam de confirmá-la) e comentem o que acharam!
Até mais!

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team