4 de jun de 2015

Especial Harry Potter: Minha história e humilde coleção


Olá pessoal, tudo bem? No post de hoje decidi começar um especial (composto por 10 posts) da minha série preferida de todos os tempos até o fim da minha vida: Harry Potter. Desde que comecei o blog venho pensando em escrever sobre ela mas nunca sei por onde começar. Então, decidi começar pelo início da minha história com a série e como me tornei fã desse mundo fantástico que levarei no meu coração por toda a minha vida. Já vou avisando que não é nada inédito do que vocês provavelmente já viram em vídeos ou leram em blogs literários de pessoas que são fãs da série, mas sempre tive vontade de compartilhar o meu amor por esses livros e filmes. Além disso mostrarei as pouquíssimas (infelizmente) coisas que tenho sobre Harry Potter. Espero que gostem!

Minha história
Não sou fã de Harry Potter desde seu início, tanto é que não teria como ser, já que seu primeiro livro foi lançado em 1997, e eu nasci em 1998; assim como o primeiro filme foi lançado em 2001, do qual eu ainda tinha 3 anos de idade. E de qualquer forma, ao longo da minha vida, não tinha ninguém que gostasse de Harry Potter para que eu fosse influenciada a gostar também, e as pessoas que gostavam, eu não tinha tanto contato na época.
Me lembro que o meu primeiro contato com a série foi, logicamente, com a emissora preferida dos potterheads, o SBT. Estava na casa da minha vó e devia ter pelo menos 6 ou 5 anos de idade quando estava passando Harry Potter e a Pedra Filosofal na TV. Como eu era criança, não fiquei totalmente inteirada na história e não tive interesse de assisti-la desde o início. Porém, lembro-me bem de como fiquei admirada com o que estava acontecendo quando o Professor Quirrell tirou seu turbante e revelou o rosto de Voldemort na parte de trás da sua cabeça. Lembro-me que a partir desse momento passei a ficar quieta e sentada no sofá assistindo o filme até o final. Assim que o filme terminou não tive interesse a procurar assistir o restante da série, porque eu realmente não sabia que existia; mas de qualquer forma, a cena final ficou na minha cabeça durante um grande período de tempo, até se perder novamente e eu esquecer de sua existência (já que Barbies ocupavam 99,9% do meu tempo na época).
Os meus contatos seguintes com a série foram com a ajuda das minhas primas que também gostavam de Harry Potter. Nesse segundo contato eu tive um vislumbre de como era o início do filme de a Pedra Filosofal. Lembro de me sentar em uma poltrona e assistir com os olhos brilhando a cena em que os alunos vão até Hogwarts de barco e lembro de surgir um desejo de assistir o restante do filme, mas infelizmente novamente fui cortada, dessa vez por meus pais que estavam indo embora da casa delas. Novamente perdi contato com a série.
Em seguida, com outra prima, tive um terceiro contato, onde ela me mostrava seu álbum de figurinhas de Harry Potter (do qual eu tive muita inveja e ainda tenho), mas infelizmente não foi algo que me despertou vontade de assistir aos filmes (lembrando que eu não sabia da existência dos livros também) por não mostrar cenas maravilhosas e incríveis como a que eu vi assistindo o início de a Pedra Filosofal.
A partir de agora meu gosto pela série começa a se transformar em gosto de verdade. Voltando novamente às minhas primeiras primas que me apresentaram o mundo fantástico de Harry Potter (obrigada Marina e Letícia, amo vocês), em um dia do qual dormíamos na casa delas estávamos sem nada para fazer quando elas decidiram colocar Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban para assistirmos. E dessa vez, não fomos interrompidas, assistimos do início ao fim. Lembro que dessa vez, eu não tive vontade maior que a de conhecer esse mundo maravilhoso. Desde aquele momento o terceiro filme da série se tornou o meu preferido, tanto por ter feito a fã que eu sou hoje, quanto por ser um filme fantástico e muito bem produzido. A partir desse momento comecei a procurar todas as coisas sobre os filmes e decidi que começaria a assisti-los.
Combinamos, eu e minha mãe, que assistiríamos um filme da série todos os dias assim que eu chegasse da escola; e assim fizemos. E não tenho nem palavras de como foi boa a sensação. Cada pequeno detalhe que JK envolveu naquela história me impressionava, e impressiona até hoje. Não tem nada que possa descrever a sensação que essa série, esses filmes e livros me trazem. É o lugar mais seguro para se fugir quando a realidade te acurrala, é o lugar mais seguro e confiável para ser feliz.
Enfim, de volta a história, a partir do momento que terminamos de assistir aos filmes (até Relíquias da Morte Parte I, no caso, porque ainda não tinha lançado o último na época) tive uma vontade louca de começar a ler os livros logo. Entretanto, eram muito caros e não tinha condições de comprar. Portanto, me conformava com posts no Tumblr e esperava o lançamento do último filme. Assim que lançou, fui com a minha prima ao cinema.
Logo depois disso, meu pai me deu de presente os livros. Nunca fui tão feliz. Comecei a lê-los no dia 30/07/11 e terminei no dia 18/09/12. Sei que demorei bastante para terminá-los mas não me arrependo de nada. Eu ainda não tinha nenhum gosto por leitura na época e Harry Potter foi o principal responsável por me tornar a amante de livros que sou hoje. E por mais que tenha demorado, foram ótimas leituras e eu soube aproveitar cada momento. Lembro de como fiquei triste e realizada ao terminar o último livro e perceber que JK havia me mostrado um lado de mim mesma que eu ainda não conhecia, e eu não tenho palavras para agradecer de ter conhecido esse lado com a série mais maravilhosa que existe.
Desde que comecei os livros até os dias de hoje só tenho vontade de conhecer cada vez mais desse universo e ser cada vez mais parte dele. Harry Potter mudou minha vida de uma maneira extraordinária e realmente não tenham palavras que sejam capazes de descrever tamanha felicidade que essa série me proporciona. Sempre que penso nela, sinto um sentimento de satisfação e paz por fazer parte disso e por amar uma coisa tão bem criada e desenvolvida como essa.
Eu só tenho mil coisas e muito mais a agradecer a JK Rowling, por me proporcionar momentos de felicidade que durarão a minha vida toda por causa de Harry Potter.
Eu amo e sempre irei amar Harry Potter. 

Minha humilde coleção
Infelizmente não sou rica e não tenho condições de comprar tudo da série, o que eu realmente gostaria de fazer. Mas aqui vou mostrar as pequenas coisas que tenho e que são muito importantes pra mim. 
  • Primeiramente temos meus livros, que apesar de serem de edição econômica, são mais importantes que a minha própria vida! Foram estes os responsáveis por me fazer uma leitora, e consequentemente uma blogueira anos depois. Foram estes os responsáveis por risadas, lágrimas, felicidade, tristeza e tantos outros sentimentos. Foram estes os responsáveis por me tornar a fã que sou hoje. E principalmente, foram estes os responsáveis por me plantarem o desejo de ser escritora. Não tem nada nesse mundo que possa ser comparado a gratidão que tenho por esses livros existirem. Obrigada JK. 
















  • Em segundo lugar temos os livros adicionais de Harry Potter, dos quais só adquiri no ano passado. Desde que terminei de ler a série nunca a reli. Sei que isso pode ser uma informação chocante para os fãs que releram mil vezes, mas realmente tem muitos livros que desejo ler antes de relê-los, entretanto pretendo relê-los até o ano que vem. Enfim, por nunca ter relido a série, esses três livros adicionais foram muito importantes pra mim por terem me lembrado da felicidade e do prazer que sinto quando leio algo relacionado a Harry Potter. Me trouxeram de volta a esse mundo do qual eu sonho todos os dias em fazer parte de verdade. Portanto, esses livros me fizeram tão feliz quanto os da série. 








  • Tenho esse marca-páginas que ganhei de aniversário feito pela minha prima que me apresentou a série, que é igualmente muito importante. (Um pouco sujo mas tudo bem)





  • Tenho guardado o ingresso do filme Harry Potter e as Relíquias da Morte- Parte II, que foi o único filme que tive a chance de assistir no cinema em sua estreia, infelizmente. As letras estão quase completamente apagadas mas a intenção é guardar a lembrança de um filme que vou me lembrar pra sempre.


  • Também tenho esse símbolo das relíquias que NOVAMENTE ganhei da minha prima que me apresentou a série, e que foi feito por ela mesma. E eu o amo. 


  • Tenho esse DVD do filme Harry Potter e as Relíquias da Morte- Parte II, que ganhei do meu namorado no meu aniversário do ano passado. Ele é lindo e super especial por ter sido o único filme que assisti na estreia no cinema e o guardo com muito carinho. 




  • E finalmente tenho essa camiseta maravilhosa da minha casa Grifinória, que ganhei do meu amigo ainda nesse ano. Minha intenção ainda é completar com todas as camisetas de todas as casas e o brasão de Hogwarts, mas por enquanto me contento com essa camiseta maravilhosa da melhor casa de todas! (Desculpem a qualidade da foto)






Então é isso pessoal, espero que tenham gostado do post e espero que gostem dos posts seguintes que postarei nesse especial Harry Potter. Gostaria de saber da história de vocês com a série também, comentem aqui embaixo! 
Até mais!

Comente com o Facebook:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team