18 de mai de 2015

Resenha/Filme: Homens, Mulheres e Filhos

Olá pessoal! No post de hoje decidi escrever uma resenha de um filme que assisti recentemente e que amo de todo coração: Homens, Mulheres e Filhos. Não vi o filme ser muito comentado mas sinceramente acho que ele merece uma atenção bem maior do que ele realmente recebeu. É um filme que com certeza entrou na minha lista de favoritos e espero que com essa resenha entre na lista de vocês também!






Lançamento: 4 de dezembro de 2014
Duração: 1h59min
Dirigido Por: Jason Reitman
Gênero: Comédia dramática
Nacionalidade: EUA






Sinopse
Adultos, adolescentes e crianças amam, sofrem, se relacionam e compartilham tudo, sempre conectados. A internet é onipresente e, nesta grande rede em que o mundo se transformou, as ideias de sociedade e interação social ganham um novo significado. Algumas situações como um casal que não tem intimidade; uma garota que quer ser uma anoréxica melhor; um adolescente que vive em num mundo de pornografia virtual, fazem o expectador repensar a relações humanas.

Opinião
Homens, Mulheres e Filhos é um filme que trata de um assunto muito recente na nossa sociedade: a internet e o impacto dela em nossas vidas. O filme é contado de diversas perspectivas de diversos personagens, mostrando explicitamente como a internet mudou nosso estilo de vida, nossos relacionamentos, nossa comunicação e até mesmo a imagem de nós mesmos de várias maneiras diferentes. E apesar de no início não ter gostado dessa escolha, no decorrer da narrativa esse se tornou um dos aspectos que mais me fizeram ficar encantada com a história e com a mensagem que o filme tenta transmitir ao seu público.
A maneira como destacaram diversos assuntos diferentes em um só propósito faz com que a pessoa que o assista passe a enxergar o impacto da internet de diferentes pontos de vista, até mesmo dos quais nós não temos nenhum contato e não fazemos parte. Os assuntos abordados são a anorexia, o bullying, a traição, a separação e entre outros, e assim colocados dentro da vida que temos levado: conectados à internet. É um filme que traz uma lição de moral consigo, mas aplicado de uma forma totalmente diferente, completamente adaptada à maneira que vivemos atualmente; e até certo ponto um pouco chocante, pois ele não se importa se a realidade, até mesmo a sua própria realidade, vai ser jogada na sua cara. Ele mostra mensagens de texto, sites pornográficos, jogos online, redes sociais e vários outros meios que usamos no dia-a-dia, e nos mostra como esses recursos podem ser destrutivos se usados de maneira incorreta, que é exatamente a forma que temos usado.
As histórias de cada personagem se desenrolam mostrando os diferentes caminhos que a internet pode nos levar. No final, alguns são trágicos e outros esperançosos. Entretanto, todos nos levam à mesma mensagem: ninguém está imune à essa mais nova tecnologia e à todas as mudanças que ela traz consigo. Ninguém está imune à internet. Mas todos podem escolher novos caminhos e utilizá-la de maneira consciente e saudável.
É simplesmente genial a forma que escolheram para contar essa nova era que estamos vivendo e todos os impactos que ela pode causar de tantas formas diferentes. É um daqueles filmes que todos deveriam ver e realmente refletir sobre a vida que estão levando.
O filme é fantástico, os personagens são fantásticos, a história é fantástica e a mensagem é excepcional. 

Nota:

Então é isso pessoal! Sinto muito se essa resenha ficou curta demais e pouco explicativa, mas realmente não quero estragar toda a mensagem que o filme traz e de que forma ele o faz, pois é algo que deve ser apreciado sem muita revelação. Eu recomendo a todos que assistam e eu garanto que vão gostar!

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Ainda mais vontade de ver esse filme depois da sua resenha. Matar a saudade do Ansel <3.
    PS:Lindo o seu blog.
    Beijoss
    pratelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que te proporcionei essa vontade :D
      Com certeza vai matar a saudade do Ansel em grande estilo hahahaha
      Obrigada <3

      Excluir

 
Minima Color Base por Layous Ceu Azul & Blogger Team